quarta-feira, janeiro 11, 2017

O terrorista russo sem noção e sem as pernas

O terrorista russo Sergey Koltunov veio à Ucrânia para matar os ucranianos e achou ser muito à maneira desrespeitar a bandeira ucraniana. Em resultado da sua aventura, o terrorista perdeu as pernas, ganhou três “medalhas”, a cadeira de rodas e a tristeza nos olhos...

O terrorista e mercenário russo de 33 anos de idade e natural da região de Rostov veio ao Donbas para matar os ucranianos e expandir o mundo russo. No meio do seu percurso realmente matava e expandia. Achava muito divertido pisar a bandeira da Ucrânia.
Como bónus pelo seu empenho na guerra russa não declarada contra Ucrânia, Sergey ganhou 3 “madalhinhas” fake pois não garantem nenhum pacote social, uma cadeira de rodas e alguma tristeza nos olhos. Como escrevem os usuários das redes sociais, agora Koltunov, ou seja ½ dele, que deixou de precisar as botas ou as calças, irá sentir na pele a sentença tão antiga como a guerra colonial no Afeganistão: “nos não te mandamos para lá!” Ou seja, a pátria do “mundo russo” sempre o abandonará, é algo simplesmente inevitável.
O mercenário perdeu as pernas após um ataque falhado contra as posições das Forças Armadas da Ucrânia na região de Luhansk, quando em 21 de outubro de 2015 o terrorista russo pisou uma mina (24tv.ua).

Sem comentários: