quinta-feira, novembro 20, 2008

A causa da morte – Ucraniano...

Esta simples folha amarela é um boletim de óbito do jovem camponês ucaniano Andriy Ostapenko, falecido na região de Sumy no dia 13 de Maio de 1933. O documento foi encontrado nos fundos do Arquivo Estatal da Província de Sumy (Ucrânia do Leste), pela arquivista principal, Sra. Oksana Kovalenko (DASO., F.R.7720, descrição1, processo 458, página 34).

Por: Viktor Rog

No ano de 1933, faleceu um membro da equipa Lenin do kolkhoz do distrito Ulyanov. Na coluna “causas da morte” está escrito com uma letra da caligrafia bem elaborada: “Ucraniano”. Dizem os manhosos que não ouve nenhum Holodomor, nenhum genocídio, que todos passaram por dificuldades. Mas na coluna “causas da morte” está escrito com uma letra bem elaborada: “Ucraniano”.

Passavam fome na Rússia, no Cáucaso, no Kasaquistão – afirmam aqueles que pretendem fugir da responsabilidade pelos crimes dos seus progenitores ideológicos. Mas na coluna “causas da morte” está escrito com uma letra bem elaborada: “Ucraniano”.

Geralmente, naqueles anos malditos, as causas da morte dos camponeses ucranianos eram apontadas: “fraqueza caquéctica”, “subnutrição”, “distúrbio alimentar”, “esgotamento”, “fraqueza do organismo”, “inanição”, “inchaço de inanição”, “desgaste natural”, “distrofia”, “diarreia”...

Mas para nós, após 75 anos e à luz baça dos documentos amarelos, penetra na nossa consciência e pede a atenção uma palavra simples, escrita com uma letra bem elaborada na coluna “causas da morte” – “Ucraniano”.

Fontes:

Ver o filme sobre o Holodomor (parte do The Soviet Story):

Sem comentários: