quinta-feira, maio 21, 2015

Ucrânia celebra o Dia da camisa bordada

No dia 21 de maio de 2015 em toda Ucrânia decorreu a ação nacional “O Dia da Vyshyvanka”, criada pela iniciativa cívica da estudante ucraniana Lesya Voronyuk em 2007.  
“O Dia da Vyshyvanka” (a camisa tradicional bordada ucraniana, masculina e feminina), é uma festa do tipo flash-mob, quando num dia não festivo, os ucranianos vestem as camisas tradicionais, dirigindo-se ao serviço, à universidade, à escola ou ao jardim de infância.
Bilionário Richard Branson (grupo "Virgin"), Kyiv, maio de 2015

O objetivo é óbvio: promover e defender a cultura e os valores ucranianos, a sua disseminação e popularização entre os mais novos e entre os ucranianos em geral. Neste dia decorrem as feiras, concursos, festas, concertos e passeatas, cujos participantes aparecem e participam nas diversas atividades, vestindo as camisas bordadas.
21 de maio não é uma data fixa, o fixo é apenas o dia da semana, a 3ª quinta-feira do mês de maio. O dia não é fixo para que nunca calhe num sábado ou domingo, com a ideia de mostrar o espírito de unidade e a solidariedade nacional no dia de trabalho.

Em 2007 no flash-mob participaram apenas alguns dezenas de estudantes e professores da faculdade da História, Politologia e Relações Internacionais da Universidade Nacional de Chernivtsi “Yuriy Fedkovych”, onde estudava Lesya Voronyuk. Em 2010 a data foi comemorada em Lviv, nos anos seguintes à iniciativa aderiam mais cidades da Ucrânia e as comunidades ucranianas na Diáspora.
Jim Morrison (The Dors), 1966
Em 2011, a celebração ucraniana entrou no livro de Recordes de Guiness, quando na praça central de Chernivtsi se reuniram em vyshyvankas mais de 4.000 pessoas. No mesmo ano foi criada a vyshyvanka gigante (4 x 10 metros), colcoada na fachada do edifício central da Universidade “Yuriy Fedkovych”.
A vyshyvanka feita de missangas, é mais pesada e também mais cara... 
Em 2012 na mesma cidade de Chernivtsi surgiu a ideia de oferecer vyshyvanky aos bebês, que nascem no dia desta celebração. Em 2013 foram organizados “24 horas de vyshyvanka”, no decorrer das quais foi organizada a feira de pastelaria que arrecadou quase 16.000 UAH (na altura cerca de 2.000 USD), revertidos às necessidades de crianças que sofrem de doenças oncológicas. Em 2014 decorreu o concurso fotográfico “A minha família em vyshyvanka”.

Em 2015, o dia foi marcado pela guerra e pela ocupação de uma parte da Ucrânia pelas forças terroristas russas. Por isso, os voluntários ucranianos decidiram organizar a ação “Oferecer vyshyvanka aos defensores (da Pátria)”. Ação foi pensada para fortalecer o espírito combativo e moral das forças ucranianas, pois tradicionalmente os militares ucranianos encaram a sua camisa bordada como uma espécia de proteção divina contra os espíritos malignos.  

Neste ano as festividades receberam diverso apoio informativo e publicitário do Ministério da Política Informativa da Ucrânia; os organizadores também se dirigiram ao Presidente Petró Poroshenko, com o pedido de criar oficialmente o “Dia da Vyshyvanka”.  

O Dia da Vyshyvanka-2015 na frente de combate
Na frente de combate na província de Luhansk, os militares ucranianos do 24° Batalhão de Operações Especiais das FAU vestiram as camisas bordadas, oferecidas pelos voluntários.
Queremos saudar todos os ucranianos, onde quer que estejam, pela passagem da festa da vyshyvanka. O traje que identifica os ucranianos em todo o mundo. Hoje também é uma grande festa espiritual, o Dia da Ascensão do Senhor. Que Deus nos ajude, que haja alegria em cada família, aqui na linha da frente, tudo o que fazemos é para que a paz reine na Ucrânia, – disse o chefe 1º alferes Valentyn Lykholit.
O rapaz que está a pousar nas fotos em baixo, junto com os militares ucranianos se chama Ilya, tem três anos e é natural da região de Luhansk. Os voluntários ofereceram uma vyshyvanka ao seu pai e também ao menino. Pois é ele terá que viver numa Ucrânia renovada e livre, escreve o jornalista militar ucraniano Volodymyr Skorostetskiy, reportando diretamente da zona de OAT.
 
 

2 comentários:

Paulo Carneiro disse...

Linda a cultura ucraniana! Parabéns para esse importante dia de identidade desse povo de fé, guerreiro e valente! Viva a Ucrânia.

Carolina disse...

Realmente a cultura ucraniana é maravilhosa, uma pena que esse povo sofrido não consegue paz, tem um país lindo, solo fértil e povo maravilhoso e isso atrai os olhares do mundo todo. Por uma Ucrânia livre e soberana!!!!!