quinta-feira, setembro 18, 2014

Leituras: The Last Empire

Recomendamos o novo livro do historiador ucraniano Serhii Plokhii (Plokhy), The Last Empire: the Final Days of the Soviet Union (ISBN: 9780465056965, preço: £12.98), dedicado à derrocada da URSS e ao papel dos EUA neste processo. Autor defende a tese do que os Estados Unidos atribuíram à si mesmos o papel decisivo na queda da União Soviética de uma maneira absolutamente desmerecida.

Como qualquer bom estudo histórico, o livro explica a razão de muitas coisas que não foram percebidas na altura dos seus acontecimentos. Por exemplo, a liderança dos EUA, encabeçada pelo George Bush Sénior, até o fim tentava preservar a URSS. Sendo assim, será que as lideranças americanas perceberam a verdadeira razão da queda da União Soviética? Talvez por isso, estas mesmas lideranças parecem tão desesperados hoje, quando Putin tenta reconstruir o império soviético? As perguntas retóricas são da autoria de um outro historiador ucraniano, Volodymyr Viatrovych.
Professor Dr. S. M. Plokhy
S. M. Plokhy (Plokhii) é o Professor de História da Ucrânia na Universidade de Harvard (EUA). É a principal autoridade no domínio da Europa Oriental, ele viveu e ensinou na Ucrânia, Canadá e Estados Unidos. Plokhy publicou extensivamente em inglês, ucraniano e russo. Por três anos consecutivos (2002-2005), os seus livros ganharam o primeiro prémio da Associação Americana de Estudos Ucranianos. No outono de 2009, ele foi homenageado pela Associação dos Estudos Eslavos Primários, com o prémio “Estudos Distintivos”. Vive com a sua família em Arlington, Massachusetts.

Plokhy é autor das diversas monografias históricas dedicadas à Ucrânia, como: “Unmaking Imperial Russia: Mykhailo Hrushevsky and the Writing of Ukrainian History” ou “The Origins of the Slavic Nations: Premodern Identities in Russia, Ukraine and Belarus”.

Ler mais sobre Serhii Plokii:

Bónus

O estúdio “Babilon-13” apresenta a curta militar “À nossa maneira”:
https://www.youtube.com/watch?v=Qf8l0jyn2NU

“Setor da Direita”: mitos e realidade

Sem comentários: