terça-feira, agosto 02, 2011

Maschinengewehros: a canção dos guerrilheiros

“Maschinengewehros” (As Metralhadoras) é uma das minhas canções preferidas sobre o Exército Insurgente Ucraniano (UPA) e a sua luta contra o regime de ocupação soviética. Quem achar que o texto é demasiadamente duro poderá apresentar os exemplos da luta de libertação nacional que não envolvem uma dose da violência necessária...

Maschinengewehros

Hoje não estamos p’ra cá convidados,
não esperam nós cá.
Maschinengewehros empoeirados
não caem das nossas mãos.

Refrão:

Maschinengewehros, Sturmgewehros,
abre a porta, seu infame!
Já chegamos, olá, é pá.
Sangue arrefece, será derramado.
Alguém ficará pendurado no galho.
Já chegamos, olá, é pá.

Perguntamos, talvez, pela última vez,
quem boivka entregou.
Se não há entre, mortais, vós,
quem traidor se tornou?

Refrão

Pela boivka foi recebido e moído,
mas traidor não falou.
No quintal na nogueira verde
vento pernas rolou.

Refrão  

Letras e música – Andrij Mencak

Ver o vídeo da canção no YouTube:

http://www.youtube.com/watch?v=EciMuO9ijxU

Legenda: Maschinengewehr e sturmgewehr são metralhadoras do fabrico alemão frequentemente usadas pelo UPA durante a luta da libertação nacional nos anos 1942 – 1950. Boivka é a unidade – base do UPA, composta por 5 – 7 elementos. As boivkas componham o riy e vários riy formavam o kurin.

Sem comentários: