sexta-feira, setembro 28, 2007

Suazilândia a espera dos ucranianos

Desde o dia 21 de Junho de 2007, os ucranianos que desejam visitar o Reino da Suazilândia, já não precisam de possuir o visto da entrada.

Pequena monarquia africana decidiu abolir o sistema de vistos para os cidadãos de 20 países, maioria deles europeus: Andorra, Croácia, Estónia, Eslovénia, Hungria, Letónia, Lituânia, Mónaco, República Checa, Ucrânia, entre outros. No continente africano a confiança suazi recaiu sobre o Madagáscar, na Ásia sobre a Rússia e Taiwan e nas Américas foi para Argentina e Brasil.

É de salientar, que o Chefe do Protocolo Real da Suazilândia, Sr. Felizwe Dlamini foi formado na Ucrânia, na Universidade Nacional Taras Shevchenko de Kyiv. Sr. Felizwe Dlamini é casado com empresária Olena Dlamini (1965), casal tem três filhos, o mais velho se chama Taras Dlamini (1988).

1 comentário:

VAL disse...

Granda Swazilandia!!!
Um gesto muito bom e de facto faz todo o sentido!
Agora o reino da Swazi tem q reconhecer o Taras Shevchenko como escritor Nacional e historico e ficaremo contentes :-) (brincadeira)