quinta-feira, abril 26, 2018

RIP Ihor Branovytskiy: 3º aniversário da morte do ciborgue

Arte @Oleg Kinal
No dia 25 de abril de 1976 nasceu ciborgue Ihor Branovytskiy, operador de metralhadora do Batalhão especial de assalto “Zhytomyr”, um dos defensores do aeroporto de Donetsk (DAP), ciborgue, nom de guerre “Natriy”. Herói da Ucrânia, “Herói Popular da Ucrânia” (ambas, à título póstumo).
Participante ativo da Revolução da Dignidade na praça da Independência (Maydan) de Kyiv (2013-14). Após a invasão militar russa, foi mobilizado às Forças Armadas da Ucrânia (FAU), se tornou soldado da 81ª Brigada especial aerotransportada.
Em 20 de janeiro de 2015, após a queda do aeroporto de Donetsk, foi capturado pelas forças russo-terroristas, durante a tentativa de retirar do local dois companheiros feridos. Foi torturado juntamente com os companheiros capturados e feridos e para os salvar, revelou que é operador da metralhadora, procurado pelos terroristas por motivos de vingança. Após torturas prolongadas e desumanas, Ihor foi assassinado, com dois disparos na cabeça pelo sádico terrorista e cidadão russo Arsen “Motorola” Pavlov. Em março do mesmo ano, Ihor Branovytskiy foi identificado entre os corpos maltratados dos militares ucranianos, que foram retirados do DAP.
Não esquecem Ihor! Ele não poderá perdoar os seus carrascos, ele morreu na batalha, mas estará sempre connosco, na nossa MEMÓRIA!
Blogueiro: eu quero ver liquidados, um por um, todos os terroristas que participaram, diretamente ou indiretamente na morte do Ihor Branovytskiy!

Sem comentários: