sábado, março 24, 2018

“Gareth Jones”, o filme da Agnieszka Holland sobre Holodomor na Ucrânia

Na Ucrânia foram filmadas as sequências ucranianas do filme Gareth Jones, dedicado ao Holodomor ucraniano e ao papel do jornalista investigativo britânico Gareth Jones, o primeiro cidadão ocidental que contou a verdade sobre o genocídio comunista na Ucrânia.
Rhea Klyman: a jornalista judia que alertou o mundo sobre Holodomor na Ucrânia
A realizadora é polaca/polonesa Agnieszka Holland, o filme, uma co-produção entre Polónia (Film Produkcja), Grã-Bretanha (Crab Apple Film) e Ucrânia (FILM.UA GROUP, Kinorob) é um thriller político, baseado na história real do jornalista investigativo galês Gareth Jones que foi o primeiro jornalista e cidadão ocidental que tentou contar ao mundo a verdade sobre Holodomor na Ucrânia.
As filmagens estão no meio, neste momento foi terminada a parte ucraniana do filme, a viagem do Gareth Jones à Ucrânia soviética para conhecer a tragédia do Holodomor. Seguem as filmagens na Polónia e no País de Gales.

Nos papéis principais estão James Norton (série McMafia), Vanessa Kirby (série The Crown) e veterano Peter Sarsgaard, que despensa as apresentações. Espera-se que o filme será exibido nos cinemas em 2019, escreve Rádio Polonia.

Na versão da publicação especializada americana Deadline Hollywood, o filme «Gareth Jones» está no topo dos filmes europeus mais interessantes de 2018. Também é de recordar que as investigações do Gareth Jones influenciaram George Orwell que deu o nome de Jones ao farmeiro na sua distopia clássica “A Revolução dos Bichos” / “A Quinta dos Animais” ou Kolkhoze dos Animais, na sua primeira edição ucraniana.
Ler mais sobre Holodomor no trabalho do Raphael Lemkin
Blogueiro: Aos “negacionistas” habituais do Holodomor ucraniano, aconselhamos, habitualmente, as leituras da brochura do Raphael Lemkin (o homem que cunhou o termo “genocídio”), chamada “Genocídio soviético na Ucrânia” (1953). O documento é disponível em 28 idiomas, incluindo o português: