segunda-feira, maio 08, 2017

O contributo da Ucrânia na vitória da II Guerra Mundial (2)

Quase 7 milhões de soldados e oficiais em 7 exércitos nacionais — este é o contributo real da Ucrânia na luta contra o nazismo no decorrer da II Guerra Mundial.
Em 2017 o Instituto Ucraniano da Memória Nacional (memory.gov.ua) escolheu como slogan das comemorações a frase «Ucranianos nas fileiras das Nações Unidas venceram o agressor», o símbolo da papoila vermelha fica inalterado.
Além disso, foram escolhidas 12 estórias dos ucranianos que lutaram contra o nazismo nas fileiras do RKKA, nas forças armadas da Canada, dos EUA, da Grã-Bretanha, França, Polónia e no UPA (ler mais).

A contribuição dos ucranianos na vitória sobre o nazismo em números:
Mais de 6 milhões de ucranianos lutaram no Exército Vermelho durante 1941-1945. Cerca de 120 mil ucranianos serviram no exército da Polónia. Os ucranianos estavam presentes nos exércitos dos EUA (80.000); do Reino Unido (45.000), França (6.000) e outras forças aliadas.
Desde 1942 e até o fim da década de 1950 na Ucrânia estava ativo o Exército Insurgente da Ucrânia (UPA), por suas fileiras passaram cerca de 100 mil homens e mulheres ucranianos e de outras nacionalidades.

Ler mais:

1 comentário:

Anónimo disse...

E os cantores russos, que apoiam a invasão russa no Donbass, ficam fazendo músicas (Mir spas ruskiy soldat) dizendo que o mérito de ter salvo o mundo do nazismo é unicamente dos soldados russos. Hahahahaha!!! Russos além de serem arrogantes são uma piada. Slava Ukraini!