terça-feira, maio 31, 2016

O mapa das aldeias ucranianas queimadas pelo RKKA e NKVD

Os crimes de guerra, cometidos pelo Exército Vermelho (RKKA) e pelo NKVD contra Ucrânia e contra os ucranianos ainda necessitam do seu estudo detalhado e do seu julgamento de Nuremberga. No entanto, um pequeno caso, entre milhares de outros casos semelhantes mostra a envergadura do terror à que foi sujeita a população da Ucrânia Ocidental no fim da II G.M.
O mapa que é apresentado aqui pertencia ao 50º regimento de motociclos do RKKA e as suas operações contra a resistência ucraniana de OUN-UPA no período entre 20.08.1944 à 7.9.1944 na região de Rava-Ruska (província de Lviv). O 50º regimento não era a única unidade do Exército Vermelho que participou na operação contra UPA, a guerrilha ucraniana era combatida pelas unidades da guarda-fronteira do NKVD, unidades da defesa de retaguarda, a divisão da cavalaria, etc.
A importância do mapa, achada no Arquivo Central do Ministério da Defesa da Rússia (TsA MO RF), é que este mostra as “aldeias banderistas queimadas”. Ou seja, o mapa reconhece que durante as operações de punição e de luta contra a guerrilha ucraniana OUN-UPA, apenas o 50º regimento, o mais provável, na companhia do NKVD queimou pelo menos 12 aldeias ucranianas. Acusando os seus moradores de serem apoiantes da ala revolucionária da Organização dos Nacionalistas Ucranianos (OUN-R), chefiado pelo Stepan Bandera.
O mapa menciona os nomes das “aldeias banderistas queimadas” pelas forças soviéticas: Huta Lubycka (atual Polónia), Dakhany, Oseredok, Stare Brusno (aldeia deixou de existir, ficou apenas o cemitério ucraniano), Podemszczyzna (também ficou apenas o cemitério), Radruzh (uma parte pertence à Polónia e outra à Ucrânia), Pylypy, Zabava, Parylsy, Tyly, Maydan, Pavlyky.
Como disse o blogueiro que apresentou o mapa: “parece com a ocupação de um pequeno país”, pois parece e muito (https://goo.gl/DOvM6R).

Bónus
Os reconstrutores ucranianos, especializados no período histórico da I G.M., à representar os fardamentos militares ucranianos dos exércitos da República Popular da Ucrânia (UNR, 1917-1920) e das unidades dos Atiradores Ucranianos de Sich (1914-1918).

Sem comentários: