sábado, dezembro 19, 2015

Canção “World Support Ukraine” quer participar no Eurovisão-2016

Na Grã-Bretanha no concurso nacional de Eurovisão-2016 participará a cantora de Londres Diana Mess (20) com a canção, dedicada à guerra na Ucrânia, chamada “World, Support Ukraine”.
O projeto VSE.SVIT (UNI.VERSO) produziu o vídeo musical da composição que mostra a luta da Ucrânia contra a agressão russa, exortando as pessoas em todo o mundo apoiar os ucranianos. O vídeo mostra as imagens dos protestos da Diáspora ucraniana de Londres e os momentos da operação anti-terrorista (OAT) na Ucrânia. A autoria da canção pertence ao (falecido) músico ucraniano, Andriy Loboda, informa life.pravda.com.ua
A própria Diana Mess (nas fotos) escreveu no seu Facebook:
Finalmente me posso gabar do vídeo musical “World Suport Ukraine” do projeto VSE.SVIT. Francamente falando, tivemos que lutar para que a canção soa deste modo e que o vídeo seja igual ao que vocês estão à ver. Estou orgulhoso dos resultados alcançados pela minha equipa. Não tenho a pretensão de glamour ou da fama. Eu apenas acredito que a voz de cada pessoa que não é não indiferente à guerra sem sentido e sem fim no Donbas, poderá mudar a história. Eu acredito que junto com vocês, vamos apoiar a Ucrânia, e cantando essa música seremos ouvidos pelo mundo. Deus é Grande e Uno, nos salvará a Ucrânia! O mundo, nos apoie!
(Os fundos conseguidos com a venda da canção serão usados para os tratamentos médicos dos feridos e vítimas da guerra).

Agradecimentos: Ukrainian UK TV, Ukrainian Events in London, London Euromaidan, Ukraine Aid UK, BOG DA NOVA MUZYKA, Ben Robinson – pela foto da capa; pela canção escrita – banda Horta, pela Ucrânia livre  – os nossos bravos combatentes!
Glória à Ucrânia!
https://www.youtube.com/watch?v=tLi-FqESca8
O coração do Patriota
Os artistas ucranianos criaram uma muito original prenda metálica, chamada “Coração do Patriota”. Será muito útil à todos e à qualquer um que procura um souvenir ou uma lembrança interessante e única. Neste momento já é possível fazer as pré-encomendas. Uma parte dos lucros reverte para ajuda aos militares ucranianos que recebem coisas que precisam (por: Sviatoslav Pashchuk).

1 comentário:

victor gustavo disse...

Sou brasileiro é achei o Blog muito bom.
Trabalho profissional.
Nem a grande midia aqui do Brasil passa as informações corretas do que se passa na Ucrânia. Putin anexou a crimeia através da força armada, e quase nenhum comentarista de midia achou ruim.
Vou acompanhar mais o Blog.
Abraços do Brasil.