segunda-feira, agosto 04, 2014

Terroristas em Lysychansk: comida russa e marijuana

Na antiga base do batalhão terrorista “Prizrak” (Fantasma), situada na Fábrica vidraceira de Lysychansk, tomada recentemente pelas forças ucranianas, foram achados grandes quantidades de alimentos e medicamentos provenientes da Rússia, caixas com a pólvora, insígnias das tropas do interior da federação russa, um grande número de munições.
As fraldas descartáveis enviadas aos terroristas pelas "Tropas humanitárias" russas
A ajuda humanitária era enviada aos terroristas das diversas cidades russas: Novi Urengoi, Voronezh, Siktivkar, Iekatirenburg, etc. No envio estavam engajados, segundo as indicações nas caixas, o partido comunista russo e partido liberal-democrata do velho palhaço Vladimir Zhirinovsky.
  
Na base foram achadas as listas com os dados pessoais dos terroristas, instruções de uso dos morteiros (RPG-7, na foto em cima), sinais de uso de marijuana (foto em baixo). Além disso, os terroristas possuíam uma grande quantidade de munições e cerca de 50 caixas com a pólvora (80 kg de carga útil), produzida, como indica a marcação, ainda na URSS.


Neste momento, os medicamentos, serão levados à cidade de Sloviansk, da onde serão distribuídos pela região. Os alimentos, decidiu-se entregar aos moradores locais, que momentaneamente formaram as filas para recebe-los.
Insígnias russa e terrorista
Os terroristas odeiam os EUA e toda África
  



Recorda-se, que no dia 1 de agosto, o batalhão da auto-defesa territorial “Batkivshyna” (Pátria), formado na base do “Movimento de Resistência”, informou que no decorrer das operações na zona da OAT liquidou o comandante do batalhão “Prizrak”, conhecido como “Leshiy” (Trasgo).

Fonte (50 fotos):

Batalhão “Azov” e Setor da Direita já estão em Donetsk!

Chegam as primeiras imagens dos combatentes ucranianos já nos subúrbios de Donetsk. Enquanto isso, os separatistas e os seus apoiantes se deslumbram com o alegado número dos militares e homens da guarda-fronteira ucraniana que entraram na Rússia para fugir do cerco russo-separatista. A ironia suprema está no facto do que estes militares ucranianos voltarão a Ucrânia, enquanto os terroristas pró-russos, já por diversas vezes foram alvejados pelas forças russas, tentando entrar no território russo. Dialética...

Nas vésperas, os combatentes do “Setor da Direita” da cidade de Kamyanets-Podilsky (na foto em cima), em conjunto com os blindados da 51ª Brigada das Forças Armadas da Ucrânia libertaram a vila de Krasnohorivka sem sofrer as baixas.

Os quadros separatistas-terroristas

Muito diferentemente dos carrascos da “junta sangrenta” os militantes da causa terrorista mostram toda a sua espiritualidade, fé e superioridade da “civilização russa”. Não sabemos se a rapariga é alguma ministra ou responsável governamental dos terroristas, como indica a foto à esquerda, nos tempos livres, é militante da Frente da Crimeia, o que deve ser bastante reconfortante aos visitantes da península.
  

1 comentário:

Anónimo disse...

The photo shows a camgirl from a sex chat, here's her profile:
Sex chat model Nebesnaya