domingo, junho 29, 2014

Glória aos heróis do batalhão “Donbas” (3)

O nosso blogue já dedicou a atenção aos heróis do batalhão da auto-defesa territorial “Donbas” (vejam Donbass e Donbas (2)), que com as armas nas mãos defendem a sua região e Ucrânia contra a invasão russa e a 5ª coluna dos separatistas locais.

No dia 23 de maio de 2014, nos arredores da aldeia Karlivka, uma unidade do batalhão “Donbas” foi emboscada pelos terroristas caucasianos do agrupamento “Vostok”. Na batalha que se segui os ucranianos perderam 5 voluntários, um deles foi o autor ativo da Wikipédia ucraniana, Oleh “Raider”.

Oleh era natural de Artemovsk, nasceu em 1978, foi programador e especialista em TI. Morava em Kyiv, não filiava em nenhuma organização ou partido político. Se registou na Wikipédia em 4 de abril de 2007, era um dos autores mais ativos do seu segmento ucraniano, efetuando cerca de 20.000 correções e escrevendo quase 1000 novos artigos.

No dia 16 de abril, Oleh escreveu no seu blogue que se alistou como voluntário no batalhão “Donbas”. Ele não tinha medo da guerra, pois considerava-se adulto não cansado da vida e por isso via o seu dever em lutar pelo futuro próprio e futuro dos mais novos. No batalhão, Oleh escolheu a mesma alcunha que usava na Wikipédia, “Raider”.
Oleh "Raider"
Durante a emboscada de Karlivka, “Raider” liquidou um terrorista, foi mortalmente atingido pelos estilhaços da granada, mas se recusou à render-se aos terroristas. Os terroristas o atingiram pelo fogo das lança-granadas. Infelizmente, Oleh “Raider” não foi sepultado até agora, os terroristas levaram o seu corpo, o queimado, afirmando de se tratar de uma vítima dos ucranianos.

Fonte:

O custo do césar-fogo unilateral (prorrogado até o dia 30.06)

A unidade especial de Kirovohrad repeliu o ataque dos terroristas conta a base militar ucraniana de Artemovsk. Os terroristas usavam um tanque fornecido pela Rússia.

“Não vós entregaremos a Ucrânia, essa é a nossa bandeira e ela ficará aqui. Por isso informem os militantes da rp de Donetsk: quem aqui se meteu com as armas, vão para o car@lho, enquanto estão vivos!”, - dizem os militares.

https://www.youtube.com/watch?v=rCVCb3-93ug 

Sem comentários: