domingo, fevereiro 10, 2013

UE quer proibir negação dos crimes comunistas


A República Checa, juntamente com outros cinco Estados-Membros da UE, pediu à Comissão Europeia preparar uma proibição a nível da UE da negação dos crimes do comunismo. O ministro dos Negócios Estrangeiros checo, Karel Schwarzenberg, assinou a carta à Comissão, juntamente com os seus homólogos da Bulgária, Hungria, Letônia, Lituânia e Romênia.

Há aqui uma preocupação fundamental para que os sistemas totalitários sejam medidos pelo mesmo padrão”, disse Schwarzenberg, em Bruxelas. Na sua opinião, a negação dos crimes do comunismo é inteiramente comparável a negar os crimes do nazismo, que em muitos países da UE é uma ofensa criminal.
Para dizer a verdade, Estaline conseguiu matar mais pessoas. Ambos eram assassinos em massa e aqueles que os serviram, serviram os assassinatos”, disse Schwarzenberg, comparando Hitler a Estaline.

Todo o mundo sabe sobre os crimes do regime nazista, mas apenas uma parte da Europa está ciente dos crimes do comunismo”, disse o ministro lituano Audronius Azubalis. Na sua opinião, a carta representa principalmente um “toque de despertar” para Bruxelas. Lituânia, sozinha, perdeu aproximadamente um terço de sua população durante os cerca de 50 anos que passou sob o domínio soviético.

Fonte:

4 comentários:

Mauricio Mazur disse...

Achava que a hipocrisia comunista era algo da América Latina, vide PT (BRASIL),TOMADO PELA DOUTRINA DO COMUNISTA ITALIANO GRAMSCI, MAS HÁ MUITAS VIÚVAS DESSA DOUTRINA SÓRDIDA NA EUROPA, o sistema democrática possui falhas, uma delas é permitir que partidos que conspirem contra ela de existirem (a extrema direita e a extrema esquerda deveriam ir para o museu da história)!

Jest nas Wielu disse...

1) A maioria deles vive no leste e em Kyiv;
2) São números muito pequenos, comparando com os dos países vizinhos: Polônia e Rússia;
3) Jovem em questão é iludido, coloca no seu perfil coisas claramente falsas, ou não percebendo a sua falsidade ou não se importando com ela.
4) as ideias totalitárias atraem as mentes, apoiamos a proibição total da ideologia comunista e nazi.

Nicolae Sofran disse...

A criminosa "democracia" Ocidental condena Auschwitz e Absolve o Gulag com 90 milhões de mortos! Pra o inferno com sua perversa democracia criminosa!

Jest nas Wielu disse...

Estimado, Nicolae,
não é a democracia ocidental que é criminosa, convêm não confundir os carrascos comunistas com os liberais ocidentais que sempre escolhem vergonha "entre guerra e vergonha" e sempre recebem as duas...