terça-feira, dezembro 29, 2009

Final do EURO-2012 em Kyiv

Quatro cidades ucranianas vão receber os jogos do Campeonato Europeu de Futebol em 2012: Kyiv, Donetsk, Lviv e Kharkiv. O jogo final do torneio também se realizará em Kyiv.

A Decisão final da UEFA foi tomada na reunião de trabalho decorrido em Portugal (Madeira).

Fonte:
http://obkom.net.ua/news/2009-12-11/1420.shtml

Vídeo clipe do 2012™ Ucrânia – Polónia:
http://www.youtube.com/watch?v=LUYOJWVnzzE

N!B!
Este blogue também entrará de férias, por isso queremos desejar-vos boas entradas para o Novo Ano e Feliz Natal, celebrado no dia 7 de Janeiro pelos cristãos do rito oriental, ortodoxos e os crentes da Igreja Grego – Católica Ucraniana!

segunda-feira, dezembro 28, 2009

Tbilissi nas vésperas do Ano Novo

As fotografias da capital georgiana, a cidade de Tbilissi, nas vésperas do Ano Novo. As fotos foram tiradas na praça em frente do hotel Radisson Iveria.

Estas fotos também podem ser vistas on-line via livegeorgia.ge

Fonte & fotos (Reuters):
http://cyxymu.livejournal.com/629711.html

quarta-feira, dezembro 23, 2009

Feliz Natal!

Caros amigos e leitores, gostaria de vós desejar o Natal Católico (e mais tarde o Natal Ortodoxo) Feliz e o Ano Novo muito Próspero. Que sejamos todos mais felizes em 2010 e que tenhamos mais motivos para festejar e menos para ficar menos contentes.

Para a Ucrânia e o seu povo desejo uma escolha sábia no dia 17 de Janeiro de 2010 (1ª volta das eleições presidenciais), embora tudo indica que neste ano de tigre amarelo, a escolha ucraniana invariavelmente cairá sobre a Sra. TigrYulia

O belo Inverno ucraniano

127 fotografias de Inverno ucraniano!
Tal como em Portugal os fogos florestais anualmente “surpreendem” os governantes, na Ucrânia a “surpresa” anual é a chegada de neve. A neve sempre começa cair algo “inesperadamente”. Nós já estamos habituados, mas não deixa de ser realmente surpreendente.

Proponho aos leitores do blogue fazer uma foto – viagem pelo Inverno ucraniano, pelas estradas entre a cidade de Kherson e Kyiv (via Mykolaiv, Kyrovohrad e Dnipropetrovsk).

Pelo caminho há muita neve, os carros abandonados na neve, a publicidade política mais variada (o dia 17 de Janeiro é a data da 1ª volta das quintas eleições presidenciais da história da Ucrânia independente), os postos de combustível a não funcionar pois as entradas não foram limpas da neve, etc.

Enfim, é a nossa bela pátria, que nem sempre acerta com os seus governantes, mas não deixa de ser a nossa.

Autor do texto original & 127 fotografias: Yuri Romanenko
http://hvylya.org/index.php?option=com_content&view=article&id=2723:2009-12-19-22-54-55&catid=4:2009-04-12-12-01-18&Itemid=10

terça-feira, dezembro 22, 2009

Revista on-line viewpoint-east.org

A viewpoint-east.org é uma nova revista on-line, que pretende debruçar-se maioritariamente sobre a Ucrânia, mas também sobre a Belarus, Geórgia, Polónia, Rússia, etc.

A revista bilingue (sueco e inglês) será gerida pela jornalista sueca Sophie Engström (sonicsonia) e o design estará ao cargo de prallin (ver os seus desenhos na Flickr).

Sophie Engström procura por leitores ucranianos, quer para comentar as notícias, quer para lhe prestar todo o tipo de apoio. Neste momento, ela escreve todos os artigos sozinha, mas tem a intenção de futuramente, colaborar com outros jornalistas e até pagar por artigos publicados. Durante o mês de Dezembro, Janeiro e Fevereiro, a revista será focada sobre a Ucrânia, a própria Senhora Engström estará em Kyiv em Janeiro, para cobrir a 1ª volta das eleições presidenciais de 17 de Janeiro de 2010.

Se alguém quiser encontrar-se com ela em Kyiv para discutir a revista ou para falar sobre outros tópicos relevantes, por favor deixem os comentários e os contactos nessa comunidade da rede social livejournal ou nas páginas do viewpoint-east.org.

Fonte & mais informação:
http://community.livejournal.com/learn_ukrainian/26477.html

Borjomi: água georgiana milagrosa

Slogan publicitário: “Borjomi liberta do supérfluo”.

Achei muitíssimo interessante a publicidade de água mineral georgiana de Borjomi. Bebem essa água (se tiverem a oportunidade) e esquecem os problemas com a digestão!

Obrigado ao morielli

segunda-feira, dezembro 21, 2009

O bandurista japonês

O japonês Charlie Syuitsi Sakuma é um virtuoso bandurista, que sob o nome artístico de Sakumchuk, toca a bandura, difundindo a cultura ucraniana no Canadá e no Japão.

Senhor Sakuma é um fã incondicional da Ucrânia: estuda história dos cossacos ucranianos (usa o bigode cossaco), dança o hopak, come os holubtsi, quando toca a bandura, até coloca na cabeça um oseledets postiço. Graças a ele, recentemente cinco banduras foram exportadas para o Japão, onde neste momento são tocados por músicos locais.

Sr. Sakuma estuda na Academia de Música de Lviv “Mykola Lysenko” e na Escola – Internato Musical Especial “Solomiya Krushelnytska”, sonhando em seguir a carreira do bandurista profissional.

Profissionalmente, ele trabalha como electricista na cidade canadiana de Edmonton, nos seus tempos livres toca a bandura e dança o hopak no rancho folclórico Verkhovyna. Pela primeira vez ouviu falar sobre a Ucrânia aos 30 anos, quando emigrou para o Canadá, onde trabalhou em um restaurante japonês.

A capital ucraniana, Kyiv, desiludiu Cherlie Sakuma: lojas ocidentais, os seus nomes escritos em inglês, o verdadeiro espírito ucraniano sentiu apenas em Lviv. Onde, na fábrica “Trembita”, única de género, foi levantar as banduras, encomendadas via Internet.

Hoje, Cherlie Sakuma é um dos principais popularizardes da cultura e ideia ucraniana no mundo, tornando-se uma ponte cultural, que liga a Ucrânia e a sua pequena, mas muito activa e patriótica diáspora no Japão.

Fontes & ler mais em ucraniano:
http://sumno.com/article/charli-syuitsi-sakuma-yaponskyj-kobzar (vídeo)
http://miok.lviv.ua/index.php?option=com_content&view=article&id=302:2009-06-01-10-54-04&catid=42:2009-03-05-08-40-05&Itemid=106
http://www.youtube.com/watch?v=Rd036czwmdo (ver o bandurista no YouTube)

domingo, dezembro 20, 2009

Dia de São Nicolau

O dia 19 de Dezembro é o dia de São Nicolau (a festa celebrada em Geórgia e na Ucrânia). É o dia de todos aqueles que se chamam: Nicolau, Nikoloz, Mykola, Nikos, Nikolay, etc.
Na Geórgia a festa se chama Nikolozoba (ყველას გილოცავთ) e é celebrada em memória do Santo Nicolau.

Na Ucrânia, o São Nicolau se dedica ao trabalho do Pai Natal, ele oferece prendas às crianças, embora como se sabem, o Natal só chegará a Ucrânia na noite de 6 para 7 de Janeiro.

Fonte:
http://cyxymu.livejournal.com/623523.html

Lejba Dombrowski, combatente do UPA

A história do Lejba Dombrowski é mais um pequeno grande prego no mito pró-soviético e anti – ucraniano sobre o “natural anti-semitismo ucraniano”, sobre “UPA anti-semita”, ou outras coisas do género, tão largamente usados e tão caros aos xamãs políticos de Kremlin.

O nacionalista ucraniano, judeu de origem, Lejba – Itzik Yosypovych Dombrowski, nasceu em 1910, na aldeia Olshanycia, distrito de Rokytnyanskiy, província de Kyiv. Residiu em Kyiv, onde recebeu a formação superior em direito na Universidade “Taras Shevchenko”. Foi membro do PC (b) entre 1929 e 1941. No dia 22 de Junho de 1941 foi mobilizado ao RKKA, serviu como escriturário. Em Outubro de 1941 foi aprisionado pelos alemães nos arredores de Poltava, disse aos alemães que era ucraniano, Leonid P. Dobrovskiy. No outono de 1941 fugiu (ou foi libertado por causa da doença) e chegou até a cidade de Korets na província ucraniana de Rivne, onde com ajuda do ucraniano Rostykus foi empregue no ginásio local. Em Novembro de 1941 se tornou o membro da Organização dos Nacionalistas Ucranianos (OUN). Com o pseudónimo de “Valeriy”, entrou no Exército Insurgente Ucraniano (UPA). Em Julho de 1943 Lejba Dombrowski se torna o funcionário do departamento político do Circunscrição Militar Geral UPA–Norte. Permaneceu na clandestinidade entre 1941 e 1944. Foi o autor dos famosos fanfletos do UPA, nomeadamente: “Apelo aos povos da Ásia e do Cáucaso”, “Os filhos do Turcomenistão”, “Tajiques”, “Os asqueres do Uzbequistão” e outros, além do ensaio político “Como o tsarismo moscovita subjugava os povos”.
TAJIQIES!
OS FILHOS DO TURCOMENISTÃO!
UZBEQUES, CAZAQUES, TURCOMANOS, TAJIQUES, BASHQUIROS,
TÁRTAROS, POVOS DOS URAIS, VOLGA E SIBÉRIA, OS POVOS DA ÁSIA!
OS ASQUERES DO UZBEQUISTÃO!
Em 1 de fevereiro de 1944 Lejba foi preso (na outra versão se entregou) pelo SMERSH. Entregou às autoridades alguns resistentes do baixo patente. Em 14 de outubro de 1944 o Tribunal Militar de Guarnição de Kyiv condenou o combatente do UPA, Lejba – Itzik Yosypovych Dombrowski aos 10 anos de prisão, 5 anos de perca de direitos políticos e confisco de todos os seus bens (ao abrigo dos artigos 54-1b e 54-11 do Código Penal da Ucrânia Soviética). O seu destino posterior é desconhecido.
A condenação núnero 967, processo número 1273. Secreto.
Fonte:
O Arquivo Estatal do SBU, Fundo 6, caso № 75134 FP
http://mosesfishbein.blogspot.com/2009/12/blog-post_2718.html

Obrigado ao oles-maasliouk (ua il).

Bónus
Ler a história do membro da OUN, ucraniano Fedir Vovk, um dos Justos entre as Nações

sexta-feira, dezembro 18, 2009

Ministro ucraniano visita Brasil

A delegação do Ministério da Cultura e Turismo da Ucrânia, encabeçada pelo Ministro Vasyl Vovkun, está de visita ao Brasil, participando nas comemorações da Comunidade Ucraniana.

No âmbito do seu programa, no dia 10 de Dezembro, durante a visita à União dos Cinematógrafos, o Ministro ucraniano conheceu a criação do documentarista ucraniano – brasileiro, Guto Pasco, o filme Made in Ucrânia, que representa a história e os presentes problemas da imigração ucraniana no Brasil. Foi acordado que os trabalhos de Guto Pasco e outros documentaristas seriam acessíveis ao público ucraniano.

No dia 11 de Dezembro de 2009 o Ministro deslocou-se ao Estado de Paraná, onde teve o encontro com os representantes dos operadores turísticos do Estado. Durante este encontro as partes discutiram os assuntos de intensificação do intercâmbio turístico entre os dois países, tomando em conta as condições criadas depois da assinatura dos acordos entre a Ucrânia e o Brasil sobre isenção parcial de vistos e sobre os serviços aéreos. As partes também acordaram organizar uma mostra que representará a Ucrânia durante Exposição Internacional de Turismo em Outubro de 2010 no Rio de Janeiro.

No mesmo dia 11, o Ministro ucraniano e o Embaixador da Ucrânia no Brasil Volodymyr Lákomov, visitaram o Museu Paranaense e o Museu Oscar Niemeyer em Curitiba, onde apreciaram os trabalhos do famoso pintor ucraniano – brasileiro Miguel Bakun. Durante as negociações foi acordada a organização em 2010 em Kyiv, Lviv e no Museu Ucraniano em Nova Iorque das exposições que representariam a criação do pintor. Além disso, o visitante ucraniano conheceu a pintura do Miguel Bakun no sótão da ex – residência do governador do estado – Castelo de “Betel”.

Vasyl Vovkun e Volodymyr Lákomov visitaram o Clube Ucraniano “Poltava”, que o Ministro presenteou com seis banduras e uma cobza.

A delegação ucraniana se deslocou para o Catedral Católico Ucraniano de São João Batista, onde se encontrou com o líder da Igreja Grego – Católica da América Latina, Bispo Jeremias Ferens e lhe entregou o ícone da Mão de Deus, feito pelos mestres da iconografia ucraniana.

O Ministro Vasyl Vovkun e o Embaixador Volodymyr Lákomov também participaram na inauguração do Monumento de Holodomor de 1932-33 no Memorial Ucraniano em Curitiba.

Ler mais:
http://www.mfa.gov.ua/brazil/port/news/detail/32201.htm
http://www.mfa.gov.ua/brazil/port/news/detail/32202.htm

N! B!
Na primeira foto: Dona Ana Niedzieluk, residente em Curitiba há mais de 60 anos, nasceu em 1920 na Ucrânia e emigrou para o Brasil em 1947. Ela é uma das testemunhas da fome de 1932, tendo sobrevivido também à II guerra mundial trabalhando na Alemanha no período de 1942-1945.

quarta-feira, dezembro 16, 2009

Nemiroff patrocina Lady Gaga

Recentemente foi lançado oficialmente, no canal da própria gravadora no YouTube, o clipe de Lady Gaga para o single “Bad Romance”.

A versão oficial contida no álbum reeditado “The Fame Monster“ foi lançada no MySpace oficial da cantora em 21 de Outubro. GaGa explicou que a faixa é uma das que escreveu em 2008 durante uma digressão: “Essas canções foram inspiradas em monstros, e um deles, o Monstro do amor, resultou na música”.

Sem dúvidas, Bad Romance não só é o melhor vídeo clipe de Gaga, como também o mais bem patrocinado do show business. Mas vindo dela, ícone de moda, não é nenhuma novidade. GaGa foi patrocinada neste vídeo por grandes marcas mundiais, tais como:

Nemiroff;
e algumas outras boas marcas;

Lady Gaga veio para ficar! E se não ficar ninguém mais fica, prova disso são mais de 10 patrocínios em um só vídeo clipe (nunca vi tanta propaganda junta), mas de qualquer forma, parabéns ao excelente director Francis Lawrence que também já dirigiu Pussycat Dolls e Britney Spears.

Ver o vídeo clipe:
http://www.youtube.com/watch?v=qrO4YZeyl0I

Fonte:
http://oconfessionario.wordpress.com/2009/11/10/lady-gaga-bad-romance-video

Visite o site do Nemiroff e obrigado ao Val (Moç).

Machel. Ícone da 1ª República?

A Sociedade Editorial Ndjira convida todos os interessados para participar no lançamento do novo livro do jornalista moçambicano, Severino Ngoenha, “Machel. Ícone da 1ª República?”.

O lançamento terá lugar no dia 16 de Dezembro, às 18h00, no Centro de Conferências das Telecomunicações de Moçambique (prolongamento da Av. Kim Il Sung, № 96 em Maputo).

Com a apresentação do poeta e jornalista Filimone Meigos.

terça-feira, dezembro 15, 2009

5 anos – 1000 postagens!

No dia 15 de Dezembro de 2009 o nosso blogue completou 5 anos de existência. É uma pequena obra, permanecer tanto tempo activamente na rede, pois em média, a “vida” útil do blogue não ultrapassa um ano.

Não vamos repetir o que foi conseguido nos anos passados, quem estiver interessado, poderá ler com mais detalhe os nossos informes anteriores sobre o 4° aniversário, 3° aniversário, os primeiros 180 dias, etc.

Até hoje o nosso blogue foi visitado por mais de 150.000 pessoas, teve quase 180.000 consultas, os nossos leitores residem nos países mais variados do mundo: desde Angola a Santa Sé, desde a Geórgia a Guiana Francesa, sem esquecer os leitores “cativos” de Brasil, Portugal, Moçambique, Ucrânia, entre outros.

No fim, queremos agradecer a atenção e preferência de todos os nossos leitores e lhes desejar a voltarem sempre. Além disso, uma palavrinha aos espalhadores do spam: manos, desistem, todo o vosso lixo é apagado antes de ser publicado.

Bem ajam e Feliz Natal (católico e ortodoxo) & Próspero Ano Novo!

domingo, dezembro 13, 2009

Angola e o fim da URSS

Convidamos todas as pessoas interessadas a participar em uma sessão de apresentação do livro Angola: O princípio do Fim da União Soviética, de autoria do jornalista português José Milhazes, que terá lugar no auditório da FNAC – Chiado (Lisboa), no dia 15 de Dezembro às 18h30.

O mesmo livro também será apresentado na Póvoa de Varzim no dia 18 de Dezembro, às 21h30 na livraria Diana Bar, cita na Avenida dos Banhos.

Convite especial para os leitores do blog do jornalista e os demais amigos.

sexta-feira, dezembro 11, 2009

Mergulhadores de combate ucranianos

Os mergulhadores de combate fazem parte da elite da elite do qualquer exército & marinha de guerra do mundo. A informação sobre a unidade ucraniana é escassa, a própria unidade não pretende receber a publicidade indesejável, além disso, a informação sobre o assunto é monitorizada pelo SBU.

O 73° Centro das Operações Especiais Marítimas se baseia na província de Mykolaiv, na cidade de Ochakiv. O centro possui alguns vasos de guerra, ancorados no porto de Ochakiv. Os barcos, além de servirem de meio de transporte, também são usados como o local de treino, por exemplo, para as operações de libertação de navios dos piratas.

O centro foi criado cerca de 50 anos atrás, chamando-se inicialmente de 17ª Brigada de Operações Especiais da Frota de Mar Negro. Eles foram os primeiros na URSS, a saltarem de pára-quedas para a água com o equipamento de mergulho, saltavam de altitudes super – baixas sem os pára-quedas. Foram os primeiros a treinar a saída do submarino, através do compartimento de torpedos. Após o desaparecimento da URSS, a brigada foi uma das primeiras, a jurar a fidelidade a Ucrânia, no dia 10 de Abril de 1992. Ainda antes da divisão oficial da Frota do Mar Negro entre a Ucrânia e a Rússia. O principal impulsionador daquela decisão era o comandante da Brigada na altura, Anatoliy Karpenko.

O Centro de Operações de Ochakiv foi criado em 2004, antes disso, a Brigada se baseava na ilha artificial de Pershotravneviy, que se situa à uma distância de cerca de 5 km fora da cidade. Um dos exercícios habituais praticados no Centro é a viagem submarina entre a cidade e a ilha. O equipamento especial usado no centro, permite ao mergulhador ficar debaixo de água até 5 horas, movimentando-se com a velocidade média de 0,7 milhas por hora. Com ajuda dos rebocadores especiais, essa velocidade poderá ser aumentada para o dobro.

Neste momento, os membros da unidade usam o armamento soviético, APS, SPP, pistola Stechkin, várias modificações da pistola – metralhadora AK. Os atiradores usam a SVD, no entanto, brevemente, o Centro irá receber as armas do fabrico suíço. Nos últimos anos, o centro também recebeu o novo equipamento de mergulho do tipo “molhado’ e “seco”, além de novas lanchas rápidas.
Todos os membros da unidade são oficiais ou estão no exército por contracto, em média, a preparação do mergulhador de combate demora três anos. Os salários dos oficiais e os contratados infelizmente não são nada altos, mas eles não gostam de falar sobre as condições do serviço, dizem que “são dificuldades momentâneas, que serão ultrapassadas”.

Todos os anos, a unidade participa nos exercícios militares no estrangeiro, em 2009 estes exercícios decorreram na Croácia. Cerca de ⅓ do pessoal da unidade domina o inglês ou francês, muitos têm a experiência de trabalhar em conjunto com as unidades homólogas da NATO. Os membros da unidade afirmam que conseguem ombrear com os americanos e italianos (os criadores das unidades do género). Garantem também, que poderiam superar as melhores unidades estrangeiras, caso tiver o equipamento moderno. A maior necessidade de momento está em sistemas modernos de visão nocturna e de comunicação. Também é bastante actual a necessidade de ter uma moderna e efectiva pistola – metralhadora.

As tropas especiais de mergulhadores também são chamados de “arma dos pobres”, pois a sua manutenção custa muito menos, do que a sustentação de uma frota naval. Mas a efectividade dos mergulhadores de combate pode ser muito superior. Os oficiais do Centro asseguram, que apenas uma única unidade sua, conseguirá em uma só operação liquidar o núcleo duro da frota do inimigo teórico. Dentro da base deste inimigo (10 – 12 navios).

Mas neste momento, o Centro se prepara para participar em uma operação internacional, nas águas de Somália. A preparação terminará em Abril. A unidade garante, que quando chegar até os piratas, estes serão simplesmente liquidados.

Texto e fotos do Oleksander Argat, para MIL.IN.UA
http://mil.in.ua/index.php/news/photoreports/1219-dum-spiro-spero.html

Obrigado ao cytadel & militarizm_ua

quinta-feira, dezembro 10, 2009

A morte da URSS

No dia 8 de Dezembro de 1991, o primeiro – ministro da Belarus, Stanislau Shushkevich, o presidente da Ucrânia, Leonid Kravchuk e o líder russo, Boris Yeltsin dissolveram a URSS.

O auto – proclamado (pois não foi eleito por nenhum sufrágio universal) presidente soviético, Mikhail Gorbachev, ultrapassado pela história, ficou para trás. Desde ai, ganha o seu pão dando as palestras no Ocidente, publicitando, ora a Pizza Hut, ora as malas Louis Vuitton.

Os dissidentes checos, diziam que é necessário “despedir-se da história com o rizo”. Por isso, hoje não vou vos maçar com as análises históricas, apenas vou recordar como era maravilhoso e despreocupante de viver no país “do socialismo triunfante”.

Eu próprio, choro compulsivamente, quando recordo como ficava na bicha, ainda puto pequeno, para comprar o açúcar, pois a mamã já ficou lá de vez dela. Como tudo era afectuoso: os putos pequenos ganhavam a valiosa experiência da vida, aprendiam na bicha os palavrões. Isso era um verdadeiro guia de marcha para a vida, não é como os ianques: nem as bichas, nem as cenas do tipo quem desde qual manha está na loja e quem é o inválido da guerra imperialista.

E sabem, como na bicha nós aquecia o pensamento, do que o nosso país foi o primeiro a mandar o homem para o espaço? E que os seus mísseis são os mísseis mais precisos e mais mísseis possíveis? Sabem como isso aquecia os nossos pés na bicha para comprar as botas checoslovacas?


Discussão completa e mais fotos:
http://community.livejournal.com/phophudia/586968.html?thread=3802072#t3802072

Tanques ucranianos para Iraque

A Ucrânia assinou o contracto mais caro da sua história, para a fabricação e o fornecimento de tanques e blindados ao Iraque, no valor de 2,4 biliões de USD.

Do lado ucraniano, o contracto foi assinado pela Corporação Estatal Ukrspetsexport (que se especializa na importação e exportação do produtos e serviços militares e paramilitares) e pelo Ministro interino de Economia, Sr. Ihor Umanskiy.

A Corporação não comenta o acordo por causa de sua confidencialidade, mas se sabe, que este será assegurado pela estrutura afiliada do Ukrspetsexport, a empresa estatal “Progres”, que no início dos anos 1990, executou o anterior grande contracto dos armeiros ucranianos – o fornecimento de 320 tanques T-80UD ao Paquistão.

Este contracto garantirá o trabalho durante próximos anos ao Bureao de Construtores Morozov de Kharkiv e aos cerca de 80 outras fábricas ucranianas de armamento. Além disso, na fabricação dos tanques serão necessários os componentes electrónicos e os produtos de maquinaria de alta precisão.

Os EUA concederam ao Iraque a quantia de 3 biliões de USD para a modernização do seu exército. O actual contracto assegurará, que cerca de 85% deste montante irá beneficiar a economia ucraniana.

Fonte:
http://gazeta.ua/index.php?id=319241

Natal em Batumi

O blogger georgiano Vaja Diasamidze, andava ontem passear pelas ruas da cidade de Batumi (ბათუმი), a capital da Ajária, a república autónoma no sudoeste da Geórgia.

Em Agosto de 2008, a cidade foi bombardeada pela aviação russa, hoje, poderá alguém adivinhar que as fotos foram tiradas nas ruas de Batumi?

Fonte & Fotos:
http://morielli.livejournal.com/22657.html

quarta-feira, dezembro 09, 2009

Lula na Ucrânia II

Durante a sua estadia em Kyiv, o Presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva e o Presidente da Ucrânia, Victor Yushchenko, assinaram a Declaração conjunta de 33 pontos, os mais importantes dos quais são os seguintes:

TEMAS INTERNACIONAIS

5. Victor Yushchenko confirmou o apoio da Ucrânia para que o Brasil integre como membro permanente, um Conselho de Segurança ampliado. O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva expressou seu reconhecimento por esse importante apoio. Agradeceu ainda à parte ucraniana pelo apoio à candidatura do Brasil a assento eletivo do CSNU, para o mandato 2010-2011 e assegurou à Parte Ucraniana o apoio do Brasil à candidatura da Ucrânia a membro não-permanente do CSNU no período de 2016-17.

TEMAS BILATERAIS

13. O Presidente da República Federativa do Brasil e o Presidente da Ucrânia congratularam-se pela intensificação das relações bilaterais em diferentes áreas. No que diz respeito à área espacial, reafirmaram o compromisso com a parceria em curso para o lançamento do veículo Cyclone-4, pela empresa binacional "Alcântara Cyclone Space", a partir do Centro de Lançamento de Alcântara, no Estado do Maranhão, empreendimento considerado de importância estratégica para os dois países.

26. Os Presidentes da Ucrânia e da República Federativa do Brasil concordaram quanto à importância de manter viva a memória das vítimas do Holodomor, ocorrido nos anos de 1932-33. O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva expressou seus sentimentos de solidariedade por todas as vítimas daquele trágico acontecimento.

27. Ao recordar o elo humano da imigração que une os dois países, os dois Presidentes expressaram seu apoio às atividades da comunidade ucraniana no Brasil e da comunidade brasileira na Ucrânia, como importante forma e preservação e enriquecimento da cultura e das tradições de ambos os países e do caráter multinacional das sociedades brasileira e ucraniana. Reafirmaram seu apoio às comemorações, em 2011, num e noutro país, dos 120 anos da imigração ucraniana para o Brasil.

32. O Presidente Lula da Silva recebeu com interesse do Presidente Victor Yushchenko a comunicação da candidatura da Ucrânia ao status de Observador Associado junto à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que será examinada até a próxima Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade (Luanda, 2010).

33. O Presidente Victor Yushchenko e o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva expressaram grande satisfação com os resultados da visita e a intensificação do diálogo no mais alto nível entre Ucrânia e Brasil. Reafirmaram ainda o compromisso de continuar trabalhando pelo incremento do relacionamento bilateral para o mútuo benefício dos povos dos dois países. Com esse espírito, o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva convidou o Presidente da Ucrânia a visitar o Brasil em 2010, em data a ser acordada pelos canais diplomáticos.

Luiz Inácio Lula da Silva
Presidente da República Federativa do Brasil

Victor Yushchenko
Presidente da Ucrânia

Obrigado ao: Volodymyr Lákomov, Vitorio Sorotiuk e Guto Pasko

Governo: «Propaganda sentimental»

São cinco temas: propaganda sentimental, alguém no futuro, meio bicho e fogo, o nome de ninguém e a inauguração do mundo. As músicas são de antónio rafael e miguel pedro, as letras são da autoria do valter hugo mãe. A capa é feita com ilustrações de esgar acelerado e inclui ainda uma fotografia da banda da autoria de paulo pinto.

A Optimus Discos edita em duas possibilidades, correndo à página e descarregando gratuitamente os mp3 (é necessário fazer um registo prévio, coisa que é grátis), ou correndo à FNAC para comprar a versão CD rigorosamente limitada (e numerada) a mil exemplares.

Governo agradece a divulgação da saída do seu primeiro disco. Agradece opiniões e barulhos. Agradece que ouçam, que façam o download e que se divirtam.

Fonte:
http://casadeosso.blogspot.com/2009/11/governo-propaganda-sentimental.html

terça-feira, dezembro 08, 2009

Curso de ucraniano em Paraná

Iniciaram-se as inscrições para o Curso de idioma ucraniano no Colégio Estadual do Paraná, inserido dentro do programa CELEM (Centro de Línguas Estrangeiras Modernas). Haverá turmas aos sábados de manhã, e durante a semana, a noite, se houver procura pelo curso.

Como houve poucos inscritos, corre o risco do curso não ser ofertado, por isso peço a quem tiver interesse entrar em contacto com o Coordenador do CELEM, Sr. Gilson Robrigo Woginski - celemcelicep@cep.pr.gov.br para aumentar o número de inscritos e viabilizar a abertura das turmas.
Para mais informações veja o edital da página http://www.cep.pr.gov.br

Obrigado ao Bogdan

Ucrânia acredita novos embaixadores

O novo embaixador dos EUA e da Turquia na Ucrânia, John_F._Tefft e Ahmet Bülent Meriç, respectivamente, entregaram as suas cartas de acreditação ao Presidente ucraniano, Victor Yushchenko.

Tenho o privilégio extraordinário representar o presidente Obama e o povo americano na Ucrânia,” – disse John Tefft. O novo embaixador americano também afirmou o desejo do seu país em desenvolver uma forte parceria entre os EUA e a Ucrânia.

O embaixador turco disse que a Ucrânia é um país que faz a parte da lista dos parceiros prioritários da Turquia em termos de relações bilaterais e euro – atlânticas.

Em 2005 – 2009 John Tefft desempenhava as funções do embaixador americano na Geórgia, antes disso já representou o seu país na Lituânia, Rússia, Hungria e Israel. O embaixador turco trabalhou recentemente em Singapura.

O embaixador americano, pronunciou o seu discurso inteiramente em ucraniano, embora brincou, dizendo que para isso usou “todas as palavras ucranianas que conhecia”. Em termos comparativos, o último embaixador russo na Ucrânia, apesar de gostar sublinhar que a sua esposa é ucraniana, em 8 anos de serviço em Kyiv nunca pronunciou uma única palavra em público em ucraniano.

E estas pessoas ainda têm a lata de falar sobre “os povos irmãos”…

Fonte:
http://www.president.gov.ua/en/news/16015.html
http://tsn.ua/ukrayina/yushchenko-pohvaliv-posla-ssha-za-garnu-ukrayinsku-vimovu.html#video (vídeo)

Natal na Geórgia

A capital da Geórgia, cidade de Tbilisi se prepara para celebrar o Natal. As avenidas já receberam os seus adereços, junto ao parlamento foi colocada a árvore de Natal, o hotel Radisson, se tornou a casa do Pai Natal.

Ontem na cidade choveu, o que significa que basta as temperaturas baixarem, logo poderá nevar. As crianças ficam maravilhadas com o magnífico jogo de luzes.

Ver as fotografias (da Reuters) da Avenida Rustaveli:
http://cyxymu.livejournal.com/616819.html

Ucraniano vence maratona de Macau

O ucraniano Mykhaylo Iveruk (cidade de Rivne), venceu no dia 6 de Dezembro a maratona internacional de Macau com o tempo 02:17.45, uma das melhores marcas já obtidas nas 28 edições da prova.

por: Angola Press, 06 Dezembro 2009

Ainda longe do máximo do etíope Yamane Tsegay Adhane com o tempo de 02:15.06 obtidos em 2008, Mykhaylo Iveruk conseguiu vencer a prova com uma boa corrida final e deixando o queniano Micah Kipseren Chuma, segundo classificado, a seis segundos.

Na corrida feminina, a etíope Roman Gebre Gessese, com o tempo de 02:37.08, superou a chinesa e vencedora da corrida de 2008 Yuan Lili que gastou 02:41.44 para concluir a prova, mais cinco minutos do que o tempo conseguido há um ano.

No final da maratona, que este ano teve a participação de 3700 atletas que correram também na meia e mini maratona organizadas em simultâneo, o presidente do Instituto do Desporto, Alex Vong, fez um balanço positivo pelo número de participantes que ano após ano vai aumentando.
Fonte:
http://pagina-um.blogspot.com/2009/12/ucraniano-iveruk-vence-maratona.html

p.s.
Percorri a Internet e constatei que neste momento, Mykhaylo Iveruk é um dos melhores maratonistas do mundo. Recentemente ele ganhou várias maratonas, ou pelo menos ficou nos lugares cimeiros. Claro, maratona não é um desporto tão espectacular como o futebol, mas de qualquer maneira, é um nome para ter na memória.

segunda-feira, dezembro 07, 2009

Ivan Demjanjuk, a vítima de injustiça

Na Alemanha começou recentemente o processo judicial contra o prisioneiro de guerra dos nazis, o soldado ucraniano do exército soviético, John (Ivan) Demjanjuk. A imprensa mundial, independentemente da sua base ideológica, centra-se na narrativa de suposta culpa do Demjanjuk, “esquecendo-se” neste caso de existência de qualquer presunção de inocência.

A rádio Deutsche Welle publica a entrevista com o principal advogado do Ivan Demjanjuk, jurista alemão Ulrich Bush (a versão curta).

Deutsche Welle: Esperava-se que a defesa iria contestar a autenticidade dos documentos, incluindo a identificação do funcionário de Sobibor. Em vez disso, você escolheu uma estratégia diferente – Demjanjuk é uma vítima dos nazistas. Por quê?
Bush: /…/ A defesa irá provar que Sr. Demjanjuk como prisioneiro de guerra foi uma vítima dos nazistas. Como o soldado do Exército Vermelho, ele era abrangido pelo programa nazista de aniquilação de soldados do Exército Vermelho. Dentro de Holocausto sem precedentes, os nazis mataram 3,3 milhões de soldados do Exército Vermelho, negando-lhes comida e cuidados médicos, (matando os com) as doenças e a fome. Os campos (de concentração para os prisioneiros da guerra), do meu ponto de vista, não eram nada mais do que campos de morte – tal como Treblinka, Sobibor ou Belzhets.

Deutsche Welle: Durante o julgamento você disse, que os reais organizadores de destruição em massa no Sobibor permaneceram impunes. Você poderá apresentar os exemplos concretos?

Bush: Tribunal Regional em Hagen em 1966, deliberou sobre o caso de 11 guardas de SS alemão do campo de Sobibor, cinco deles foram absolvidos. Estes oficiais da SS alemã argumentavam de que foram obrigados a seguir as ordens dos nazistas, como tal, tinham medo de que de outra forma eles (próprios) seriam fuzilados ou envenenados com o gás. O Tribunal Regional de Justiça concordou plenamente com este argumento. Entre os absolvidos estava o superintendente do SS Lakhman, que liderou a equipa de "guardas" em Sobibor. Se o chefe dos guardas, que lhes dava as ordens, é absolvido porque temia pela sua vida, como pode ser julgado o executor condenado, uma pessoa dependente, um servo?

Deutsche Welle: Quantas vezes você se encontra com Demjanjuk? Qual é o estado da sua saúde? Será que ele vai aguentar um processo demorado?

Bush: Antes de início do processo, eu se encontrava com o meu cliente em Munique, uma vez em cada 14 dias. A sua saúde, na minha opinião, deteriorou-se gravemente. Quando mais demorará o processo, mais tenho o receio que este terminará com a morte do meu cliente.

Deutsche Welle: Se o processo acabar com a absolvição, ele terá o direito de voltar para os EUA?

Bush: A absolvição (por si só) não dará nada ao meu cliente. Como os Estados Unidos revogaram a sua cidadania e o deportaram à força, ele não poderá voltar e não receberá o visto. Se a sentença será favorável ou se o processo será interrompido, nós vamos lutar pela sua reunificação com a família nos Estados Unidos. Esperaremos que os EUA o receberão de volta e que isso seja decidido na base de humanismo.

Entrevista gravada por Zahar Butyrskiy (ler o texto integral em ucraniano):

Ucrânia e Israel abolem os vistos

Ucrânia e Israel concordaram em abolir reciprocamente os vistos de entrada para os turistas de dois países. O acordo poderá ser assinado na primeira metade de 2010.

Avigdor Lieberman, o Ministro de Negócios Estrangeiros do Israel, em visita oficial a Ucrânia, confirmou a notícia: “Esperamos a chegar ao acordo com Ucrânia e o assinar no futuro próximo. Acredito que consigamos concretizar o acordo nos próximos 6 meses.”

Fonte:

Proprietários de armas criam associação

O Ministério da Justiça da Ucrânia registou oficialmente no dia 30 de Outubro último, a organização de sociedade civil “A Associação Ucraniana dos Proprietários de Armas”.

Sem dúvida, é um acontecimento ímpar para a sociedade ucraniana, pois apenas os cidadãos que tem o direito em se defender legalmente, são realmente cidadãos livres. A Ucrânia, a pátria dos cossacos, tenta ultrapassar a herança do regime totalitário soviético, quando os cidadãos desarmados não tinham nenhuma hipótese de preservar a sua honra e vida perante o regime totalitário desumano.

Ucrânia viu nascer uma Associação deste tipo, 150 anos após a criação das associações homólogas na Europa e nos EUA. Mas como diz o provérbio, “mais vale tarde, que nunca”.

Como explica o Chefe do Conselho Regulador da Associação, Sr. Heorhiy Uchaykin: “Finalmente, os proprietários de armas, se reuniram para defender os seus direitos e os interesses. Temos a certeza, que defendendo o direito dos descendentes de cossacos em (possuir) a “espada e pistola”, nos não apenas defendemos os interesses de um determinado grupo de população. Nós apoiaremos a renascença do espírito do povo ucraniano”.

A página da Associação (em construção):
http://www.zbroya.info/
Obrigado ao alex-borgeze

Mineiros ucranianos: heróis subterrâneos

O canal de TV, Aljazeera English não me para de surpreender pela positiva, desta vez demonstrando o filme “Underground Heroes”, dedicado aos mineiros do Leste da Ucrânia.

O filme notável do director Michael Glawogger conta a história dos mineiros, que se dedicam às escavações ilegais do carvão durante o Inverno nas minas abandonadas da região de Donetsk.

É um trabalho frio, sujo e perigoso porque os homens rastejam deitados de barriga para o baixo, nas condições deploráveis, martelando a rocha para extrair os pedaços de carvão. O acto simples de fazer este trabalho, não importa o seu perigo, parece dar às suas vidas a estrutura e uma finalidade, triunfar sobre o medo dá lhes a sensação de um trabalho cumprido.

O filme foi exibido no programa Witness, com a apresentação do jornalista somali Regi Omar.

Fonte:
http://english.aljazeera.net/programmes/witness/2009/05/2009537181173851.html

Ver o filme no YouTube:
http://www.youtube.com/watch?v=uPG5aGwQJO4 (parte I)
http://www.youtube.com/watch?v=xmwS0TzMSFs (parte II)

domingo, dezembro 06, 2009

O filme Teach Me to Dance

Na página do Escritório Nacional de Filmes de Canadá (Office national du film du Canada), apareceu uma curta-metragem muito interessante sobre os ucranianos da Canadá Ocidental em 1919. O filme chama-se “Teach Me to Dance”, foi dirigido por Anne Wheeler em1978, dura apenas 28’35’’ minutos e pode ser visto na Internet gratuitamente.

Neste drama, a jovem ucraniana Lesia, convence Sarah, a sua amiga de descendência britânica aprender a dança tradicional ucraniana, como a parte da performance de Natal. Mas o pai da Sarah, enfurecido pela presença crescente dos ucranianos da região, não quer deixar a sua filha participar no certame. Apesar de preconceitos dos parentes, a amizade das meninas contínua forte, e eles decidem celebrar o Natal em conjunto.

Foto (http://beta.nfb.ca/film/teach_me_to_dance):
Actores: Nadia Ostashewski (Lecia) e Christine Lilge (Sarah)

Ver o filme:
http://www.onf.ca/film/teach_me_to_dance

Obrigado ao vent-de-la-mer

Rádio amador ucraniano em Moçambique

Recentemente, o Moçambique foi visitado pelo rádio – amador (ondas curtas) ucraniano, Igor UY5LW.

O clube de rádio – amadores de Universidade de Kharkiv, UT7L apoiou essa operação em Moçambique, que durou entre o dia 13 de Novembro e até 3 de Dezembro, com a “assinatura” C91LW (emitida pelo Igor UY5LW). Todas as actividades decorriam nas ondas de 80-12 metros, na sua maioria CW, com algumas actividades RTTY e PSK.

Mais informação na página C91LW WEB.

sexta-feira, dezembro 04, 2009

Embaixada ucraniana na Nigéria

Apostando no incremento da sua presença diplomática no continente africano, algum tempo atrás a Ucrânia abriu a embaixada na Nigéria, que também representa o país no Benin e em Gana.

Como é habitual nestas circunstâncias, o quadro do pessoal da embaixada é reduzido, além do Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário, Sr. Valerii Vasyliev, a embaixada conta com 2° secretário, Sra. Julia Ryzhykh e o encarregado de negócios, Sr. Oleksandr Fomenko. No dia 17 de Novembro último, Embaixador ucraniano apresentou a sua Carta de Acreditação ao presidente da Nigéria, Sr. Umaru Musa Yar'adua.

A Diáspora ucraniana na região não é muito numerosa, além disso, até a data, a sua história não recebeu nenhum estudo relevante. Mesmo assim, os dados de embaixada indicam que cerca de 600 ucranianos étnicos residem permanentemente na Nigéria, cerca de 200 em Benin e cerca de 1500 em Gana. Os ucranianos vivem predominantemente nas capitais e nas grandes cidades: Abuja, Lagos, Kaduna e Kano na Nigéria; Cotonou e Porto-Novo em Bebin; Accra, Kumasi e Tamale em Gana. Neste momento, existe uma grande vontade dos ucranianos da Nigéria em se organizar ao nível comunitário. Para mais informações sobre a comunidade ucraniana local, pode-se contactar a Sra. Zoya Jibodu, zoya.jibodu@gmail.com, +234 8023065767.

Contactos da Embaixada:
Endereço WEB: http://www.mfa.gov.ua/nigeria/en
Endereço físico: Plot 15, Moundou Street Wuse II, Abuja, Nigéria
Telefones: (+ 234-9) 523-95-77; 524-00-87; 524-00-88
Secção Consular: (+ 234-9) 524-08-46; Fax: (234-9) 523-95-78
e-mail: emb_ua@microaccess.com

Holodomor no Eurochannel

Na semana passada, o canal Eurochannel transmitido pelo TvCabo Moçambique, demonstrou o filme documental húngaro “Holodomor – Eminsee Ukrajnaban” (Holodomor – Fome na Ucrânia), sobre a Grande Fome na Ucrânia de 1932-1933.

Dirigido por István Hegedüs e Igor Hidvégi, o filme dura cerca de 48 minutos, contando a história sobre a fome que ocorreu na República Soviética Socialista da Ucrânia em 1932-1933. Em menos de 500 dias milhões de pessoas morreram de fome por causa das políticas soviéticas que pretendiam transformar à força os camponeses livres em servos das grandes explorações agrícolas colectivas (kolkhozes).

O Holodomor é considerado como uma das maiores calamidades nacionais que afectou a nação ucraniana na história moderna. O documentário analisa o contexto ideológico, económico e político desta tragédia e examina as várias causas possíveis da fome. O filme apresenta as entrevistas dos peritos, das testemunhas, dos políticos (que incluem o presidente de Ucrânia, Viktor Yuschenko), usa muitas imagens de arquivos.

O filme ainda pode ser visto no dia 8 de Dezembro (1h00 – 2h00 e 17h00 – 18h00)

Ciclo do cinema sobre a Europa Central no Eurochannel:
http://www.eurochannel.com/web/eurochannelusa/cycle_east_of_europa

quinta-feira, dezembro 03, 2009

Shevchenko teve acidente de viação

Hoje, no dia 3 de Dezembro de 2009, o atacante da selecção da Ucrânia e do clube “Dynamo Kyiv”, Andriy Shevchenko foi vítima de um pequeno acidente de viação em Kyiv.

O seu recém – comprado automóvel Porsche Panamera Turbo, colidiu ligeiramente com a Honda CRV. O acidente teve lugar na rua Melnikova, junto ao Centro Televisivo da capital ucraniana.

O próprio Andriy Shevchenko não sofreu nenhum ferimento.

Fonte & Fotos:
http://dynamo.kiev.ua/news/20702.html

Diário do combatente ucraniano na Geórgia

Em 1993 os nacionalistas ucranianos filiados na organização UNA-UNSO apoiavam activamente a Geórgia na sua luta pela independência e a integridade territorial. Juntos, os voluntários ucranianos e o exército georgiano travaram a batalha impossível contra os separatistas locais e os seus patrões estrangeiros.

O livro autobiográfico “Como os cossacos combatiam no Cáucaso. O diário do centurião Ustym” (editora Cão Verde, ISBN 9789661515535), é uma tentativa do autor, ucraniano Valeriy Bobrovych, mais conhecido como Centurião Ustym, contar a sua experiência de comandar uma unidade de voluntários ucranianos na guerra da Abecásia.

Este livro é uma crónica verídica de moderna guerra real de baixa intensidade, descrevendo as operações – relâmpago, a crueldade e a morte, a amizade entre os homens, os ferimentos graves e a recepção “calorosa” que os ucranianos receberam ao voltar a Ucrânia dos serviços secretos do seu próprio país.

Escreve Grigol Katamadze, o embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República de Geórgia na Ucrânia:

“Como participante directo no conflito, que foi condecorado pelo estado georgiano com a Ordem Vakhtang Gorgasal do 3º grão, Sr. Valeriy com certeza, manifesta uma visão subjectiva dos acontecimentos. Mas tenho a certeza, do que este livro ajudará ao leitor entender o que aconteceu com Geórgia, o que foi que causou as consequências avassaladores ao povo georgiano.

Geórgia não conseguiu evitar o conflito sangrento com Rússia, que foi inspirado após a desintegração da União Soviética. Os problemas não resolvidos daquele tempo levaram aos acontecimentos trágicos de Agosto de 2008. /…/

Estou agradecido a todos aqueles que participaram naquele conflito assustador, ajudando a Geórgia se preservar, mantendo a sua identidade e a integridade territorial. Eu me curvo perante a memória dos combatentes (ucranianos) mortos:

Roman Halazyka (Роман Галазикa)
Oleksiy Dovhiy (Олексій Довгий)
Volodymyr Krutyk (Володимир Крутик)
Viktor Nesterchuk (Віктор Нестерчук)
Leonid Tkachuk (Леонід Ткачук)

Eu tenho a certeza, do que a Geórgia, apesar de fazer tudo que está ao seu alcance, tem uma dívida inestimável perante as famílias destes rapazes.

Não gostaria de entrar em pormenores históricos dos relacionamentos georgiano – russos (nomeadamente a anulação do Tratado de Georgievsk, consequente colonização e mais tarde a sovietização da Geórgia), mas estou profundamente convencido do que Rússia tem que entender que precisa de uma Geórgia forte e unida, para servir de base de estabilidade não só na região Sudeste da Europa, mas também no Cáucaso do Sul e na própria Rússia”.

Fonte & Fotos:
http://a-ingwar.blogspot.com/2009/11/blog-post_25.html (fotos)
http://a-ingwar.blogspot.com/2009/11/blog-post_22.html