sexta-feira, junho 29, 2007

Marcha anti – racista em Kyiv

No dia 26 de Junho, na capital ucraniana, cidade de Kyiv tive o lugar a marcha anti – racista convocada pelos grupos anti – racistas ucranianos, com participação forte dos emigrantes africanos, árabes e indianos que vivem e trabalham na Ucrânia.
A Ucrânia sempre foi um exemplo de tolerância, pois o país sofreu muito com 300 anos de colonização estrangeira. Mas ultimamente, aparece na sociedade ucraniana esta tendência feia e perigosa de racismo, em grande parte directa e indirectamente fomentada, financiada e encorajada pelas organizações extremistas russas, que lançam os seus tentáculos intolerantes à Ucrânia.
Porque russas? Porque a grandessíssima massa dos skinheads na Ucrânia fala russo, posiciona-se como pró – russa, recebe financiamento e “dicas” das organizações extremistas russas e mostra respeito absoluto pela “cultura da violência” do país vizinho, em detrimento das tradições de tolerância e respeito pela diferença, que são marcas habituais e inconfundíveis da Ucrânia.
Fontes:
http://gas-ton.livejournal.com/345115.html (texto, fotos e discussão em ucraniano)
http://unian.net/rus/news/news-201176.html (foto e texto em russo)

terça-feira, junho 26, 2007

Norte de Moçambique

Recentemente estive na província moçambicana de Cabo Delgado (norte do país), onde tirei várias fotografias na cidade de Pemba e nas localidades de Montepuez, Macomia, Mucojo e na península (praia) de Pangane.
Cemitério militar britânico em Pemba






Uma festa na aldeia entre Pangane e Mucojo















Jovens mulheres macua em Mucojo











Vista parcial da estrada Macomia – Mucojo





Pescador cego em Pangane

Elton John na Ucrânia

Fotos do concerto do Elton John na capital ucraniana, cidade de Kyiv (concerto foi visto ao vivo por cerca de 200.000 pessoas):














Companheiro do Elton John, David Furnish conversa com a filha do Presidente ucraniano Viktor Yushenko:

Vende-se:VW Jetta III, 1.8 CLX — 1999

(último dos modelos Jetta III, a seguir saiu Jetta IV)





O carro está em óptimo estado de conservação. Fabrico sul – africano – i.e. abundância de peças (se forem necessárias). Legal. Matricula nacional. Todas as manutenções em dia! (Existe Histórico e Manual do carro)

Ano de fabrico: Outubro de 1999
Quilometragem: 91.250km
Motor: 1800cc
Extras: — Sunroof (original da fabrica),
— Jantes especiais de 15’’
— Rádio – Grundig (6 line out) com 6 colunas,
— Espelhos e Janelas Eléctricas
— Algumas peças extra. (ex. set de jantes originais com pneus e outros)

Preço: 6.200$ (Negociável)

CONTACTO: Sr. VALENTIM — 82 300 1823 ou 82 475 8960

quinta-feira, junho 14, 2007

Água georgiana “Borjomi”

superBo sucessoO amoR Juventude passadO Montanhas vIda
Vah, água Borjomi é um água, melhor água do mundo, digo eu, e também é um água que pouco – pouco proibido de vender num certo país nortenho, lá pessoa não bebe água, mas bebe aquele água que arde por dentro, tipo aguardente.
http://www.borjomi.com/en
e-mail

O bom espião

Ontem foi com a esposa ver o filme de espionagem The Good Shepherd (2006), realizado pelo Robert de Niro e que conta com um grande número de bons actores, casos do próprio de Niro, Matt Damon, William Hurt ou Joe Pesci.
Na sala de cinema Gil Vicente, que têm cerca de 450 lugares (contando com a varanda), estavam além de nós, apenas mais duas pessoas. Mas o casal deixou a sala no intervalo, pois o filme, pelos vistos, não fazia o seu género.
Não há pachorra para o Lusomundo, pois os intervalos no meio do filme cortam o clímax, embora são bons para correr ao WC. Pelo sim, pelo não, gostaria que os intervalos fossem eliminados, tal, como é feito na vizinha África do Sul, compras coca – cola e as pipocas antes do filme, e depois podes chatear os seus vizinhos com barulho da sua mastigação...
Sítio oficial do filme

p.s.
Quando estava procurar a foto do cinema, encontrei este sítio interessante, que têm as fotos da cidade de Maputo, tirados nos últimos 100 anos
http://br.geocities.com/maputo100anos/main.htm

quarta-feira, junho 13, 2007

Primeiro banco móvel em Moçambique

Banco Oportunidade de Moçambique, também conhecido pela sigla BOM, a operar no país desde Março de 2005, decidiu lançar no mercado do micro – crédito nacional o primeiro banco móvel.

O banco móvel consiste num camião, especialmente desenhado para o efeito na vizinha República da África do Sul (RAS). Os fundos para o desenho e montagem do banco móvel provêm da Fundação Bill & Melinda Gates (EUA) e USAID. Camião têm a cabine blindada, pneus prova de bala, é equipado com um cofre, sistemas computorizados de reconhecimento de impressão digital do cliente (substitui no BOM o habitual bilhete de identidade), Internet sem fio, máquinas fotográficas WEB, fotocopiadora do tipo scanner, ar condicionado, gerador e uma série de comodidades, possibilitando funcionamento deste balcão inovativo em regime semi – autónomo.
BOM estima que entre 400.000 à 800.000 pessoas estão aptos para beneficiar do micro – crédito em Moçambique, enquanto o sistema do micro – crédito actual serve apenas cerca de 50.000 pessoas. BOM oferece neste momento os empréstimos no valor entre 500,00 mt (20 USD) à 150.000,00 mt (5.500 USD), têm cerca de 6.300 clientes e possui balcões nas cidades de Maputo, Chimoio, Beira e Quelimane.
Banco móvel tem o propósito principal de levar os serviços bancários e financiamentos para lugares onde a população não têm acesso aos bancos comerciais ou serviços de micro crédito.
Banco móvel terá a sua base na cidade de Chimoio e servirá, em regime semanal, as comunidades dos distritos de Catandica, Sussundenga, Manica, Gondola, Nhamatanda e Inchope.

Agência em Maputo (Sede)
Av. 24 de Julho, № 4136
Tel. + 258 21 407 474
Fax. + 258 21 407478
Cel. + 258 82 323 6360

terça-feira, junho 12, 2007

EUA homenageiam as vítimas do comunismo

Na capital dos EUA, cidade de Washington, hoje, dia 12 de Junho de 2007, na presença do presidente americano,
George Bush, foi aberto o Memorial das vítimas do comunismo, criado para homenagear mais de cem milhões de vítimas do comunismo em todo o mundo.

O Fundo em memória das vítimas do comunismo (Victims of Communism Memorial Foundation, http://www.victimsofcommunism.org/), foi criado em 1994 através da resolução do Congresso dos EUA e Aprovação Presidencial (H.R. 3000 & Presidential Approval, Public Law 103-199).
Na cerimonia solene participaram mais de 1.000 convidados, entre os representantes do Governo, Congresso e Senado dos EUA, minorias étnicas, diplomatas e todos aqueles que contribuíram financeiramente para a construção do Memorial. O complexo memorial situado no centro da cidade, tem a área de cerca de 900 m², no seu centro está erguida a estátua que simboliza a democracia. O custo aproximado do empreendimento foi de 700.000 USD, e comunidade letã dos EUA foi a sua principal financiadora.
O presidente honorário da Fundação é o George Bush, entre os seus fundadores estão vários ex – presidentes europeus, como Guntis Ulmanis (Letónia), Vytautas Landsbergis (Lituânia), Lennart Meri (Estónia), Lech_Wałęsa (Polónia), vários senadores americanos.

Para mais informação pode-se contactar:
Anne Meesman
Tel. 703-525-4445 ou pelo e-mail

Foto do Andrew Blasko

Holodomor reconhecido em Espanha

Em Espanha, além da resolução aprovada pelo Congresso dos Deputados de 30 de Maio, que reconhece o Holodomor na Ucrânia como Genocídio, também foi solicitado o reconhecimento do genocídio pelos parlamentos das regiões da Andaluzia e da Cataluna:

O Parlamento da Comunidade Autónoma da Catalunha, no passado dia 13 de Junho, reconheceu o Holodomor como um acto de genocídio contra o povo ucraniano.

http://www.parlament.cat/portal/page/portal/pcat/IE06/IE0604?p_format=D&p_id=13284620 (em catalão)

http://www.mfa.gov.ua/spain/ua/news/detail/4556.htm (em ucraniano)
http://www.mfa.gov.ua/spain/ua/news/detail/3646.htm (em ucraniano)
Esperamos que sigam o exemplo do Parlamento do País Basco e declarem o Holodomor como um verdadeiro genocídio...

Obrigado pela informação ao Sr. Luís Matos Ribeiro

segunda-feira, junho 11, 2007

Paraná aprova reconhecimento do Holodomor

Assembléia Legislativa do Estado do Paraná (Brasil) aprova a Moção de reconhecimento do Holodomor como Genocídio contra o povo ucraniano.

No dia 5 de Junho de 2007, a Assembléia Legislativa do Estado do Paraná aprovou moção apresentada pelo Deputado Felipe Lucas, reconhecendo a fome artificial de 1932-33 provocada pelo regime estalinista, que vitimou de sete a dez milhões de ucranianos, como Genocídio contra o povo.
A Moção será encaminhada ao Presidente da República, ao Ministério das Relações Exteriores, à Presidência das Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, Presidência da Comissão de Relações Exteriores do Senado, a Frente Parlamentar Brasil – Ucrânia para que o Congresso Nacional venha reconhecer o Holodomor como genocídio contra o povo ucraniano.
Nesta semana próxima, o Deputado Estadual Felipe Lucas e o Presidente da Representação Central Ucraniano Brasileira Vitório Sorotiuk terão encontro com a Sra. Gleise Hoffmann e o Deputado Federal Ângelo Vanhoni para tratar de agendar a audiência do Presidente da República Luís Inácio Lula da Silva com representantes da comunidade para a entrega da Carta Aberta da Comunidade e as 10.000 assinaturas das lideranças da comunidade pelo reconhecimento pelo Brasil do Holodomor como Genocídio comunista contra o povo ucraniano.
Ler mais: http://www.pessoal.cefetpr.br/ucrania/holodomor_ctba.html

quinta-feira, junho 07, 2007

quarta-feira, junho 06, 2007

Miss – Internet Ucrânia

Internet – sítio ucraniano Tabloid, junto com a agência de modelos Brilliant lançou o concurso interactivo de beleza “Miss Internet Ucrânia”.

Durante alguns meses, através de Internet, TV e sms votação, será escolhida a habitante mais bonita da Internet da Ucrânia.
Concurso é aberto às moças e mulheres com idades compreendidas entre 16 à 30 anos, para o efeito é precisa apenas fazer o cadastro no sítio do concurso, colocando lá pelo menos três fotos suas: retrato, foto de vestido da noite e foto de fato de banho e também mandar um pedido formal para o e-mail: missinternet @ і . ua
Todas as finalistas vão receber um prémio de participação e possibilidade de celebrar um contracto de manequim profissional. Final do concurso nacional terá lugar em Novembro – Dezembro de 2007, a sua vencedora receberá um prémio de 5.000 USD e representará a Ucrânia no final do concurso da beleza "World Miss Internet".

Austrália comemora a Revolução Laranja

Um livro de fotografias sobre a Revolução Laranja editado na Austrália

Titulo do livro: “Portrait of a revolution"
Autor: Bohdan Warchomij (nasceu na cidade de Perth, Austrália Ocidental)
Bohdan Warchomij é um premiado fotografo australiano que presenciou de perto a Revolução Laranja na Ucrânia em 2004, acaba de editar agora o livro de fotografias, intitulado “Portrait of a revolution". O livro será lançado nas cidades de Melbourne e Sydeney, nos dias 13 e 19 de Junho.
Visitem o sítio de artista
http://www.warchomij.com/

Metropolis Bookshop in Melbourne
Level 3 Curtin House
253 Swanston Street
Melbourne
18h00, 13 de Junho de 2007




Ariel Book Shop
42 Oxford Street
Paddington
Sydney
18h00, 19 de Junho de 2007






















Sra. Marichka Halaburda – Chyhryn na companhia do Bohdan Warchomij

segunda-feira, junho 04, 2007

Rádios ucranianos na Internet

Gostaria de vós apresentar dois novas rádios ucranianos, que funcionam a partir da Internet, difundindo a música ucraniana para todo o mundo 24 / 24 horas.
Uma deles é a rádio Skrynia radicado em Canada, rádio toca a música ucraniana de estilos diferentes, funciona 24 / 24 horas, para ouvir precisa de ter o Media Player no seu computador e fazer um click aquii: http://skrynia.com/
Radio Skrynia
P.O. Box 20079
3029 Clayhill Rd.
Toronto, ON, L5B 4L7
Canadá

Rádio Zabava do Brasil
http://www.radiozabava.com.br/
A rádio Zabava é uma experiência, que um grupo de ucranianos está fazendo à partir da sua própria casa, transmitindo via Internet, pensando no futuro poder passar para o digital, cobrindo deste modo toda a comunidade ucraniano no país.
O rádio Zabava também é responsável pela emissora do rádio Copas Verdes FM, na cidade mais ucraniana do Brasil, a Prudentópolis (sul do estado do Paraná).
Já que cerca de 70% dos seus habitantes são descendentes de ucranianos, a rádio Copas Verdes começa todos os dias com a Oração do Terço em ucraniano e aos domingos têm duas programas de musica ucraniana e a Santa Missa transmitida sempre da igreja de São Josafat. O endereço na WEB deste rádio é http://www.copasverdesfm.com.br/ , esta emissora atinge a maioria dos ucranianos do Sul do Brasil.
http://www.radiozabava.com.br/
Rádio Zabava
Rua São Josafat, 535
Caixa Postal 141
84400-000
Prudentópolis – PR
Brasil

p.s.
Na preparação deste artigo, agradeço a Dionísia Bulka Machula (PR) e Lórei Paulicz (RJ)

Moçambique e a paz mundial

Agência analítica Economist Intelligence Unit, pela primeira vez na história, elaborou a “Lista Global da Paz” (Global Peace Index), onde os especialistas da agência calcularam boa (ou má) vontade dos países em abster-se da violência, baseando-se em 24 critérios internos e externos, como por exemplo: nível dos gastos militares; relacionamento com os vizinhos; nível do crime organizado; percentagem da população nas cadeias por 100.000 habitantes; número dos militares nas operações da paz da ONU; nível da confiança aos concidadãos; etc. Todos os dados usados pela agência são referentes ao biénio de 2004/06 e foram fornecidos pelas fontes mais variadas, incluindo Instituto Internacional dos Estudos Estratégicos, Banco Mundial, vários organismos da ONU.
Na lista dos 121 países encabeçada pela Noruega, o Moçambique ocupa a honrosa 50ª posição, enquanto Portugal é 9°, a Ucrânia é 80ª, Brasil 83°, no fundo da tabela estão a Nigéria (117ª), Rússia (118ª), Israel (119°) e por último o Iraque (121°).

Os dez países mais pacíficos:
Noruega (1), Nova Zelândia (2), Dinamarca (3), Irlanda (4), Japão (5), Finlândia (6), Suécia (7), Canada (8), Portugal (9), Áustria (10).

Os dez países menos pacíficos:
Angola (112), Costa de Marfim (113), Líbano (114), Paquistão (115), Colômbia (116), Nigéria (117), Rússia (118), Israel (119), Sudão (120), Iraque (121).

Pacifismo entre os países lusófonos:
Portugal (9), Moçambique (50), Brasil (83), Angola (112).

SADC e nossos vizinhos:
Madagáscar (41), Botsuana (42), Tanzânia (57), Namíbia (64), Malawi (68), República da África do Sul (99), Zimbabué (106), Angola (112).